logo
Cooperativismo
     

29/11/2019
Está na hora de falar sobre finanças com seus filhos

Educação Financeira para crianças é tema de artigo balizado pelo Sicoob

Imagem: freepik.com

Num dia você está no Ensino Médio. No outro, dividindo uma república com colegas de faculdade. De repente, é um adulto tendo que lidar com contas mensais, compras domésticas, impostos, despesas médicas, alertas sobre a necessidade de Previdência Complementar e, ainda uma Reserva de Emergência. Tudo isso saindo do seu salário mensal.

A entrada no universo de Gente Grande pode ser um ritual repleto de choques envolvendo sair da casa dos pais, encontrar um emprego, lidar com relacionamentos, frustrações e todos os “etc”. Mas não precisa ser assim quando o assunto são Finanças Pessoais. E é sobre isso que o Sicoob discute no artigo “Educação financeira para crianças: a importância de inserir hábitos financeiros desde cedo”.

O texto integra a nova campanha do Sistema, "Somos Feitos de Valores", que incide luz intensa na questão da troca de conhecimentos como forma de cooperação. A pauta faz coro no alerta de especialistas. O Conselho Nacional de Educadores Financeiros dos Estados Unidos, por exemplo, lembra que, “desde o nascimento, crianças desenvolvem hábituso comportamentais. Para entender, basta pensar em todas as mensagens que elas recebem com relação a dinheiro, a começar pela observação na postura financeira dos pais, no estímulo publicitário, na pressão dos coleguinhas e da sociedade como um todo para gastar. Na prática, construir a alfabetização econômica dos pequenos envolve tomar medidas proativas que moldem comportamentos positivos em relação ao manuseio de dinheiro e neutralizem influências sociais e de marketing”.

Ellen Braude, do Me Poupe!, lembra que pensar nisso significa, também, pensar no futuro do próprio país. Hoje, ela lembra, o Brasil está em 27º lugar em uma lista de 30 países da OCDE no que tange à Educação Financeira. “Numa nação em que 40,3% da população se encontra inadimplente – ou seja, onde há 61,8 milhões de pessoas com dívidas, é mais do que urgente educar financeiramente nossos filhos”.

Pensou no assunto? Quer começar agora mesmo com suas crianças? O Sicoob ensina 5 passos básicos para isso. Acesse clicando aqui ou na imagem abaixo.

WhatsApp Email LinkedIn Google+