logo
Cultura & Variedades
     

25/10/2019
João Pinto de Oliveira recebe homenagem em São Tiago

Pesquisa do cooperativista sobre a Picada de Goiás resgatou memória do trecho que passa pela região e inspirou grupo de viajantes

Na tarde de quinta-feira, 24, as buzinas de 15 jeeps estilizados desfilando pelas ruas de São Tiago se misturaram aos aplausos no aconchego do Forno na Praça. Ali, onde uma cerimônia com quitutes, arte e boa prosa recepcionou 25 viajantes mineiros, houve também homenagens. Uma delas para o presidente do Conselho de Administração do Sicoob Credivertentes, João Pinto de Oliveira.

Idealizador e realizador do boletim Sabores & Saberes, o cooperativista foi lembrado como guardião e propagador da memória local junto a representantes de instituições públicas e culturais. Logo depois, recebeu um troféu especial do JEEProfetas Clube, de Congonhas, que incluiu o município são-tiaguense e a comunidade de São Pedro da Carapuça em sua 13ª expedição off-road.

 

Sabores & Saberes

A ligação do grupo com João Pinto de Oliveira começou há cerca de dois meses, quando representantes do JEEProfetas visitaram a sede do Sicoob Credivertentes. Na época, eles garimpavam informações sobre a Picada de Goiás, uma via aberta e usada por bandeirantes em meados de 1700 ligando Pitangui, em Minas Gerais, ao Centro-Oeste brasileiro. Tudo isso cortando municípios locais como São Tiago.

Isso porque, por volta de 1725, foi descoberto ouro em Vila Boa de Goiás. Não por outro motivo, o trecho é classificado como Estrada Real – e foi centro de determinação mortal da Coroa Portuguesa que, à época proibiu a abertura, sem autorização, de caminhos entre as capitanias mineira e goiana. Quem desobedecesse pagaria com a vida.

Em 2019, transitar por essas áreas é livre. E foi de olho nessa aventura que os membros do JEEProfetas procuraram João Pinto de Oliveira. “Queríamos descobrir, com exatidão, qual rota era percorrida aqui no Campo das Vertentes. Conversar com ele, receber todas as informações possíveis e ter acesso às pesquisas que realizou nos permitiu planejar e fazer a viagem com fundamentação histórica, sem cair em não-caminhos. Por isso nossa gratidão e nossa homenagem”, explica um dos fundadores do clube, José Carlos Gomes (Tarol), com um exemplar do boletim Sabores & Saberes em mãos.

A publicação mensal trouxe, só entre janeiro de 2018 e outubro de 2019, sete artigos sobre o tema. Todos com dados investigados, analisados e redigidos pelo presidente do Conselho de Administração do Sicoob Credivertentes.

 

Região

De acordo com material levantado por João Pinto de Oliveira, a região onde hoje está o distrito de Morro do Ferro foi conhecida a princípio, como Picada de Goiás em si. As águas e as elevações locais, aliás, podem ter sido marcos de orientação para os bandeirantes que trilharam a área.

Há mais: as primeiras sesmarias da região teriam sido cedidas a “abridores de caminhos”, em 1737, justamente a partir do Rio do Peixe, mais especificamente em divisas entre Ritápolis e São Tiago.

Daí a passagem dos jeepeiros pela Terra do Café com Biscoito e uma parada especial no povoado de São Pedro do Carapuça, compondo viagem por territórios mineiros iniciada no dia 19 de outubro em Serra da Saudade e programada para terminar na segunda-feira, 27, na comunidade do Rio das Mortes, em São João del-Rei.

Nessa data, o grupo de amigos baterá a marca de quase 50 cidades e povoados ao longo de aproximadamente 800km só nesta expedição.

 

Reconhecimento

Para João Pinto de Oliveira, a viagem do JEEProfetas comprova a importância histórica de São Tiago e seu entorno, além de fortalecer os projetos turísticos que têm sido desenvolvidos ali. Além disso, o membro-fundador do Sicoob Credivertentes destaca a força da proteção à memória. “É motivo de orgulho saber que com pesquisas, palavras e conhecimentos trocados estamos resgatando trechos tão nobres do nosso passado, conhecendo melhor nossas origens, deixando um legado de saber às novas gerações que poderão perpetuar também esse trabalho”, destacou.

WhatsApp Email LinkedIn Google+