logo
Credivertentes
     

12/11/2018
Jovens do GQC ganham reportagem na Rede Globo

MG Rural mostrou Ingred, Aline e Alana, alunas do programa realizado pelo Senar e pela Credi em Barbacena

As gêmeas Aline e Alane investem em avicultura - Foto: Reprodução/MG Rural

A Associação Brasileira de Marketing e Agronegócio (ABMRA) já havia apontado que, atualmente, uma em cada três propriedades rurais brasileiras é comandada por mulheres. Além disso, o levantamento mostrou rejuvenescimento dos processos decisórios. Isso porque, hoje, 21% das escolhas administrativas são feitas por produtores com idade entre 26 e 35 anos.

Ingred Silva e as irmãs Aline e Alane Campos são exemplos ainda mais latentes desses fenômenos. Elas não só fazem parte do grupo de mulheres empreendendo fora da Zona Urbana, como também representam uma turma engajada nos negócios antes da vida adulta.

A primeira tem apenas 18 anos. As outras duas, gêmeas, 19. Todas integraram a turma mais recente do Gestão com Qualidade no Campo (GQC), programa realizado numa parceria entre o Senar e o Sicoob Credivertentes.

Neste ano, a iniciativa bateu recordes em presença feminina, compondo 50% do grupo. E deu tão certo que pautou uma matéria do MG Rural, exibido todos os domingos pela TV Integração - afiliada Rede Globo na Zona da Mata.

 

A matéria

No vídeo, que foi ao ar ontem, 11, Ingred explica que cresceu e quer continuar no Sítio Paineiras, em Barbacena. “Neste ano até fiz um curso que abriu ainda mais os meus olhos”, contou na entrevista.

O pai da jovem, Luiz Carlos da Silva, também aparece. Parceiro dela durante os módulos do GQC, ele era só alegria na formatura realizada em agosto. No evento, frisou que, além dos números na propriedade a que se dedica, houve transformação humana. “A gente passou a entender a importância do que tem nas mãos e o quanto pode crescer”.

Hoje, o Sítio Paineiras conta com 15 vacas produzindo pelo menos 300 litros de leite por dia.

Algo semelhante aconteceu no Sítio Lajinha, em que despontam as gêmeas Alane e Aline Campos. Lá, além da pecuária de leite, também tem feito sucesso um investimento em avicultura que já resulta em 55 dúzias de ovos produzidos todos os dias. É do negócio, aliás, que as irmãs tiram a renda para arcar com a faculdade.

Motivo de orgulho para os pais, Maria Lúcia e José Admar Campos, que fez questão de aparecer na matéria ostentando um boné do Sicoob Credivertentes.

As imagens são do cinegrafista Anderson Silva e a reportagem, que você confere na íntegra clicando aqui, é da jornalista Nayara de Paula.

WhatsApp Email LinkedIn Google+